Reforço estrutural deve afastar risco de desabamento

O Hospital Universitário do Fundão retomou hoje (7) o atendimento ao público, interrompido há duas semanas por causa de um abalo na estrutura do prédio, com risco de desabamento.

Na segunda-feira (5), as obras de contenção dos pilares de sustentação do edifício, feitas pela Concremat, foram finalizadas e os técnicos garantem que não há mais risco no local.

Para hoje foram agendadas 15 cirurgias. O ambulatório está funcionando normalmente, assim como a cozinha, de acordo com a assessoria do hospital. O atendimento de emergência não foi interrompido durante a paralisação.

De acordo com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), responsável pelo hospital, foram gastos R$ 754 mil na recuperação emergencial de três lances e oito pilares afetados pelo abalo estrutural. E mais R$ 150 mil serão gastos nos próximos 30 dias para bancar a monitoração eletrônica de acompanhamento de eventuais deslocamentos da estrutura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.