Hospital de SP fará mapeamento genético de problemas cardiovasculares

O Hospital Estadual Dante Pazzanese prepara, para o segundo semestre, o mapeamento genético sobre emergências cardiovasculares, de acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Devem ser monitorados 2 mil pacientes, de ambos os sexos, que derem entrada no pronto-socorro da unidade durante o período de uma semana, com problemas diversos como crise hipertensiva, angina, derrame, parada cardiorrespiratória, arritmia e insuficiência cardíaca, entre outros.

Agência Estado |

Para o mapeamento, inédito, serão coletadas amostras de sangue dos pacientes, que serão processadas no ambulatório de biologia molecular do Dante. Além de verificar quais genes estão ativados no paciente no momento da crise, será possível identificar eventuais alterações, que podem definir tratamento individualizado. O objetivo é testar cerca de 500 mutações genéticas em cada paciente com crise aguda e, a partir desses registros, personalizar o tratamento.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG