Hospital das Clínicas proíbe totalmente o fumo a partir desta segunda-feira

SÃO PAULO - A partir desta segunda-feira, os fumódromos estão proibidos no Instituto Central do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Segundo o diretor-executivo do Instituto, Dr. Carlos Roberto Suslik, fumar nunca foi permitido dentro do hospital, mas antes o cigarro era tolerado em algumas áreas.

Redação |

Acordo Ortográfico

Nunca foi permitido fumar em hospitais, o que está sendo feito é uma campanha para as pessoas pararem de fumar nas áreas onde antes era tolerado o cigarro. Uma coisa é proibir e outra é controlar a restrição.

Antes da campanha, o tabaco era tolerado ¿ mas não permitido - nas varandas e em áreas abertas. Agora, quem quiser fumar, seja funcionário ou acompanhante de paciente, terá que fazê-lo fora do Hospital das Clínicas (HC).

Para o diretor-executivo, a medida foi bem aceita, pois as pessoas que fumam estão conscientes de que este hospital é um hospital de ensino, que tem que dar o exemplo sobre os malefícios do cigarro. Cada um dá sua contribuição para que o hospital fique livre do tabaco, disse.

Dos 5700 funcionários do HC, aproximadamente 20% fumam, segundo Suslik. Ele também disse que vários funcionários que fumam estão com vontade de parar, porque algumas barreiras começam a ser criadas. O vício precisa de uma oportunidade e de um local para se manifestar.

Suslik ressalta que a campanha é educativa e tem como objetivo conscientizar as pessoas. Caso as novas regras não sejam cumpridas, o funcionário flagrado fumando poderá ser advertido verbalmente ou por escrito e até ser suspenso. O médico também mencionou que a lei permite aplicar uma multa de R$ 558 aos fumantes.

As medidas coercitivas serão usadas no limite, o mais importante não é a punição, afirma o diretor. Os funcionários terão tratamento antitabagismo e os pacientes também serão orientados a buscar ajuda médica contra o hábito de fumar.

Leia mais sobre: antitabagismo

    Leia tudo sobre: antitabagismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG