SÃO PAULO - Um levantamento do Ministério da Educação, com informações da Diretoria dos Hospitais Universitários, aponta déficit de 5 mil funcionários e desativação de 10% dos leitos disponíveis nos 46 hospitais universitários (HUs) do País entre maio de 2008 e o mesmo mês deste ano. O MEC deve apresentar neste mês uma proposta para reestruturar os HUs.

Para o diretor-geral do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Alexandre Pinto Cardoso, essa nova proposta deve incluir uma dotação orçamentária global para cada unidade, baseada na performance e capacidade dos hospitais. Cardoso afirma que os principais problemas são a carência de contratação e o custeio das atividades.

Para ele, o Ministério da Saúde deveria contribuir com mais recursos para a compra de equipamentos e outros investimentos na melhoria da infraestrutura.

O MEC é responsável pela folha de pagamento dos funcionários públicos concursados. As outras despesas são custeadas pelo hospital, com o que recebe da prestação de serviço ao Sistema Único de Saúde e recursos próprios. Em um ano, os HUs realizaram 402 mil internações e 6 milhões de consultas. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre : hospitais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.