de gripe A H1N1). Ao todo, 13 unidades privadas de saúde foram acionadas para se juntar aos 18 hospitais públicos que já atendem casos suspeitos da doença." / gripe suína - Brasil - iG" / de gripe A H1N1). Ao todo, 13 unidades privadas de saúde foram acionadas para se juntar aos 18 hospitais públicos que já atendem casos suspeitos da doença." /

Hospitais particulares de São Paulo devem atender casos suspeitos de gripe suína

SÃO PAULO - A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo informou nesta terça-feira que terá, a partir desta semana, o reforço dos hospitais da rede particular de São Paulo para o atendimento de casos suspeitos da gripe suína (rebatizada http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_topde gripe A H1N1). Ao todo, 13 unidades privadas de saúde foram acionadas para se juntar aos 18 hospitais públicos que já atendem casos suspeitos da doença.

Redação |

Foram acionados os hospitais Sírio Libanês, Albert Einstein, São Luiz (que possui três unidades na capital), Santa Catarina, Oswaldo Cruz, Beneficência Portuguesa, Samaritano, Cema, Santa Paula, 9 de Julho e P.S. Sabará. Também estão sendo mobilizados os laboratórios Fleury e Dasa para a realização das coletas nos hospitais privados.

AE

Hospitais particulares também atenderão casos suspeitos de "gripe suína"

Segundo a secretaria, com a ampliação do número de hospitais será possível descentralizar o atendimento das pessoas que possuem planos de saúde que buscarem atendimento médico com sintomas da nova gripe. As novas unidades também ficarão responsáveis pela coleta de amostras de secreções nasais e da garganta dos pacientes e por encaminhar o material para exames no Instituto Adolfo Lutz.

Muitas pessoas que têm procurado atualmente a rede pública com sintomas de gripe possuem plano de saúde ou são usuárias de hospitais particulares. Por isso essa parceria tem como objetivo ampliar a referência e descentralizar a assistência, para que os pacientes possam ser atendidos em unidades para onde já estão acostumadas a ir em caso de problemas de saúde, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

A secretaria deve encaminhar, aos novos hospitais participantes da rede, medicamentos antivirais para o tratamento dos casos de "gripe suína". As unidades seguirão o mesmo protocolo indicado pelo Ministério da Saúde para definir a internação ou o tratamento domiciliar dos pacientes. A expectativa é que até o final desta semana os novos hospitais já iniciem o atendimento de casos suspeitos e a coleta de materiais.

Falta de agentes nas fronteiras; assista ao vídeo:

Entenda a "gripe suína":

Veja também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínahospitaissão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG