Hospitais de SP são premiados por inovação no atendimento

Nem sempre o hospital é um lugar só de passagem. Quando a doença é muito grave e não há perspectiva de cura, a internação é um prognóstico de anos, muitas vezes para vida inteira.

Agência Estado |

É o caso das crianças que são encaminhadas ao Instituto Emílio Ribas, na capital paulista, e ao Hospital Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes. Mas a inovação no atendimento desses pacientes rendeu ontem aos dois hospitais o prêmio mais importante na categoria de saúde. Chamado de Idéia Saudável, os funcionários foram premiados por transformar os leitos em um local mais aconchegante para quem sobrevive longe da alta.

Eram 179 concorrentes, mas somente 9 saíram vencedores. Idealizado pela Secretaria de Estado da Saúde, a proposta é incentivar as melhores soluções criadas por funcionários de hospitais estaduais para o atender à população.

Ao Emílio Ribas, o prêmio foi dado para as classes hospitalares, onde a criança portadora de HIV estuda. O Arnaldo Pezzuti foi reconhecido por adaptar a UTI infantil, onde moram portadores de doenças crônicas. O ambiente tem paredes coloridas, bichos de pelúcia e brinquedos e horário irrestrito de visitas. O Idéia Saudável também premiou o Hospital Vila Alpina, zona norte de São Paulo, que implantou a 'Operação Maca zero', que agilizou o atendimento e retirou as macas do corredor. As informações são do Jornal da Tarde .

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG