Horário de verão começa no País

Moradores das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste devem adiantar o relógio em uma hora. A novidade deste ano é a adesão da Bahia

iG São Paulo |

O horário de verão começou à 0h deste domingo, quando os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, além do Estado da Bahia, devem adiantar seus relógios em uma hora.

A medida vale para 11 Estados e para o Distrito Federal. O novo horário, que dessa vez termina à zero hora do dia 26 de fevereiro de 2012, vai vigorar em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Bahia.

Esta é a 41ª edição do horário de verão que, desde 2008, possui data fixa de início (terceiro domingo de outubro) e término (terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente). Se a data coincidir com o domingo de carnaval, o fim do horário de verão é transferido para o domingo seguinte, o que acontecerá em 2012.

Uma novidade deste ano é a adesão da Bahia, a pedido do governador do estado, Jaques Wagner. Ele solicitou a inclusão com o objetivo de manter o governo baiano alinhado ao horário de Brasília.

O horário de verão é sempre adotado nesta época do ano por causa do aumento na demanda de energia, resultado do calor e do crescimento da produção industrial às vésperas do Natal. De outubro a fevereiro, os dias têm maior duração por causa da posição da Terra em relação ao Sol, e a luminosidade natural pode ser melhor aproveitada.

Economia

De acordo com estimativa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o horário de verão vai trazer uma economia para o País que pode variar entre R$ 75 milhões e R$ 100 milhões. A maior redução (4,9%) deverá ocorrer na região Sul, correspondendo a 600 MW. Isso significa, segundo o ONS, 75% da demanda de Curitiba (PR) ou três vezes a de Florianópolis (SC). Nas regiões Sudeste e Centro-Oeste juntas, a diminuição projetada do consumo é 4,6% e corresponde a 2.050 MW, ou duas vezes a demanda de Belo Horizonte e duas vezes e meia a de Brasília.

Horário de voos

Para evitar transtornos, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) orienta os passageiros a entrarem em contato com a empresa aérea antes de se dirigir ao aeroporto. A recomendação é válida especialmente para aqueles com voos programados com origem ou destino ao Estado da Bahia, que aderiu este ano ao novo horário. Segundo a agência, as empresas aéreas também foram orientadas a entrar em contato com os passageiros e mantê-los informados sobre quaisquer alterações nos horários programados.

    Leia tudo sobre: horário de verãoenergia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG