Homem que matou jovem em boate no Rio é da PM

O autor do disparo que matou nesta madrugada o jovem Daniel Duque, de 18 anos, em Ipanema, zona sul do Rio, é o soldado Marcos Parreira do Carmo, de cerca de 30 anos, lotado na Diretoria Geral de Pessoas (DGP) da Polícia Militar. Ele se entregou depois de ser identificado pelo delegado Rafael Menezes, da 14ª Delegacia do Leblon, com base em depoimentos de dez testemunhas.

Agência Estado |

Conforme a polícia, Carmo trabalhava como segurança particular quando, na madrugada de hoje, disparou três tiros durante uma briga em frente a uma casa noturna. Um dos disparos atingiu Daniel no peito. O jovem chegou morto ao Hospital Copa D'Or.

Após ouvir as testemunhas, a polícia entrou em contato com o soldado, que resolveu se encontrar com os policiais civis no 23º Batalhão. Levado à delegacia do Leblon, o soldado entrou pelos fundos, não falou com a imprensa e, até o começo da noite, ainda prestava depoimento, mas já foi autuado por homicídio.

Leia mais sobre violência no Rio

    Leia tudo sobre: rio de janeiroviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG