Homem pula de 20º andar de edifício na Paulista e morre

SÃO PAULO - O cozinheiro Eloi Louis Serva, de 66 anos, pulou nesta quarta-feira às 12h12 do 20º andar do edifício onde morava na avenida Paulista, no bairro Cerqueira César, em São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o corpo foi encontrado na área comum do prédio.

Redação |

Acordo Ortográfico De acordo com informações da polícia, Serva era chefe de cozinha, trabalhava há 22 anos em um hotel da região e sofria de depressão. A SSP informou ainda que o cozinheiro fazia tratamento psiquiátrico com remédios controlados e que chegou a ficar internado em uma clínica durante um mês.

A secretária do cozinheiro, de 24 anos, contou a polícia que ele telefonou antes de morrer. Na ligação, Serva avisou que iria se jogar do prédio e pediu para agradecer a namorada, amigos e funcionários do hotel.

Após a retirada do corpo, a polícia esteve no apartamento de Serva, onde constatou que o chefe se jogou da janela do quarto, pois era a única aberta. Até o momento, não foi localizado nenhum bilhete ou carta de despedida.

Leia mais sobre: mortes

    Leia tudo sobre: paulistasuicidio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG