Homem é preso por jogar filhas em rio no Espírito Santo

A Polícia do Espírito Santo informou hoje que prendeu um homem acusado de jogar em um rio suas duas filhas, de 2 e 4 anos, uma delas já teve o corpo encontrado pelos bombeiros.

EFE |

Wilson Barbosa, de 37 anos, foi detido na terça-feira à noite depois que ser linchado pelo crime.

Conforme a Polícia, na terça-feira à tarde, a mãe das meninas, Ana Lucia Dortes, deixou as filhas com uma prima.

Pelo relato da prima, a avó paterna das meninas foi até a casa para apanhá-las e, enquanto ela ligava à mãe para pedir autorização, a avó desapareceu com as meninas e as entregou ao pai.

Várias testemunhas disseram à Polícia que viram o homem jogando as meninas de uma ponte de 10 metros de altura, que liga as cidades de Serra e Fundão, dois municípios da região metropolitana de Vitoria, capital do Espírito Santo.

A Polícia prendeu Barbosa em uma praia horas depois, com ferimentos causados pelas pessoas que tentaram linchá-lo.

Depois de ser levado à delegacia da Serra e diante da reação popular, que ameaçava invadir o imóvel, a Polícia decidiu transferi-lo para um hospital de Vitória.

Dortes estava separada do marido havia dois meses, depois de denunciá-lo por maus tratos. Desde 10 de abril, ela tinha uma ordem judicial que determinava que Barbosa ficasse no mínimo a 500 metros dela e das filhas.

Os bombeiros que trabalham na busca das meninas desde ontem informaram que encontraram nesta manhã o corpo da menina de 4 anos, mas o da outra ainda não foi encontrada. EFE af-cm/dm

    Leia tudo sobre: espírito santo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG