Homem dispara dentro de escola e deixa dois feridos em Maceió

Segundo a polícia, homem invadiu escola em perseguição a outro. Aluna e porteiro foram atingidos por tiros

AE |

selo

Uma aluna e o porteiro da Escola Estadual Rosalvo Lobo, no bairro da Jatiúca, em Maceió, foram feridos à bala, nesta segunda-feira à tarde, após um homem armado invadir o estabelecimento educacional em perseguição a outro. De acordo com uma testemunha, o homem que invadiu a escola com um revólver em punho é conhecido na região como Rafael da Mancha, apelido que ganhou por ter uma tatuagem da torcida organizada Mancha Azul no corpo. 

Rafael pulou o muro da escola e abriu fogo no pátio contra o homem que perseguia. Os tiros, no entanto, acabaram atingindo o porteiro e a aluna. O porteiro Genilson de Ângelo Pinto, de 44 anos, levou um tiro na barriga. Ja a adolescente T. A. S, de 14 anos, aluna do 9º ano, foi atingida na perna. Os dois foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanecem internados, mas não correm risco de morte. 

Os tiros dentro da escola, que fica a poucos metros da sede do 2º Distrito Policial, provocou pânico entre os alunos. Na correria, alguns estudantes se machucaram. As aulas foram suspensas e a diretora registrou ocorrência na delegacia, para que a tentativa de homicídio seja investigada. Após deflagrar os disparos dentro da escola, Rafael da Mancha conseguiu fugir, assim como o homem a quem perseguia, que não foi atingido pelas balas. A polícia ainda não encontrou nenhum dos dois.

    Leia tudo sobre: tirosmaceióescola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG