SÃO PAULO - Show de bailarinas, telões e transmissão via satélite. O templo evangélico Assembleia de Deus recebeu nesta quarta-feira, em São Paulo, os convidados da Igreja Renascer em Cristo.

O casal de bispos Estevam e Sonia Hernandes apareceu nos telões, direto de Miami, onde cumprem liberdade condicional por conspiração e contrabando. Para uma plateia de 2 mil pessoas, os Hernandes aproveitaram para pedir reforço no dízimo para a reconstrução da sede da Renascer e pediram aos que tivessem contribuições generosas que fossem ao palco.

Foi a primeira vez que o casal se pronunciou publicamente sobre a queda do telhado da sede da Renascer, que no domingo matou nove pessoas. A plateia entre as quais parentes das vítimas, levantou e ovacionou o casal. Sinto como se tivesse perdido nove filhos, disse o bispo. Ele citou uma das vítimas, Maria de Lourdes, que teria afirmado querer morrer dentro da igreja. Disse que aqui, entre os mortais, há muito trabalho a ser feito, mas que o melhor mesmo é estar perto de Cristo.

Aos parentes, mandou a mensagem: Essa dor não é de morte, mas de ressurreição, ao que o público gritava Aleluia!. Estevam continuou: O sofrimento que o Satanás me causa é para alcançarmos a Glória. Ele também contou que um fiel teria sido chamado à delegacia e quase obrigado a fazer uma denúncia contra a Igreja. Como é que vou fazer uma queixa contra a casa do Senhor, onde recebo todas as glórias?, perguntava Estevam aos fiéis. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia também:

Leia mais sobre: desabamento - Renascer

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.