BRASILIA ¿ Um dia depois de pedir o http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/10/27/heraclito+anuncia+bloqueio+de+salario+de+503+servidores+e+amplia+prazo+de+recadastro+8952038.html target=_topbloqueio dos salários de 503 servidores que não completaram o recadastramento, o primeiro secretário da Mesa Diretora do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), recuou e pediu a suspensão imediata dos vencimentos de apenas dos 88 funcionários que não começaram o processo.


O ato administrativo assinado por Fortes indica ainda que os outros 415 que iniciaram e não concluíram o preenchimento do cadastro terão o prazo de cinco dias utéis para fazê-lo.

O texto do ato explica que o não cumprimento da atualização dos dados cadastrais pode acarretar em pena de configuração de falta funcional e de abertura de procedimento disciplinar.

Segundo o documento, o comprovante do correio eletrônico constitui  prova de notificação. Uma vez regulamentada a situação, os trabalhadores voltam a receber seus salários.

A polêmica em torno da questão está na confirmação da existência de funcionários fantasma na Casa Legislativa, que está desde agosto, promovendo uma reestruturação interna após uma série de denúncias de nepotismo e não publicação de atos administrativos nos últimos 14  anos no Senado.

Leia mais sobre: Senado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.