Heráclito diz que contratos suspeitos vão ser prorrogados

BRASÍLIA - O senador Heráclito Fortes (DEM-PI) disse nesta segunda-feira que, apesar das suspeitas de irregularidades, os contratos com empresas terceirizadas que forem ¿essenciais¿ ao funcionamento da Casa vão ser prorrogados por até 90 dias, tempo necessário para que uma nova licitação seja organizada.

Severino Motta, repórter em Brasília |

Sem entrar em detalhes sobre o processo, o parlamentar disse apenas que o Senado não pode parar e não tem condições de funcionar sem a presença de parte dos serviços fornecidos pelas empresas terceirizadas.

Agência Senado
Segundo Heráclito, contas vão ser unificadas

Segundo informações do blog do Josias, técnicos do Senado avaliaram 34 contratos assinados com empresas que fornecem mão-de-obras para a Casa. Eles seriam responsáveis pelo emprego de 3,5 mil servidores. O blog ainda conta que as terceirizadas custam R$ 155 milhões ao ano e que há um  sobrepreço de pelo menos R$ 46 milhões, cerca de 30%.

Leia também:


Leia mais sobre José Sarney

    Leia tudo sobre: heráclito fortessenadosenadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG