Ao sinalizar que pretende concorrer ao Senado Federal em 2010, a ex-senadora Heloísa Helena caminha agora para uma articulação com o PV com vistas ao apoio à candidatura de Marina Silva ao Palácio do Planalto. A presidente nacional do PSOL sugeriu durante reunião da Executiva Nacional da legenda, na noite da sexta-feira, a abertura de negociações formais com o PV para as eleições gerais de 2010.

A proposta de criação de um canal de diálogo com os verdes será deliberada no próximo dia 7, em uma nova reunião da Executiva em São Paulo.

À espera da chancela do partido sobre a sua participação na disputa ao Senado, que será dada em convenção apenas no mês de março, a presidente do PSOL trabalha pelo apoio do partido àquela que é sua candidata preferida à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "O nome de Heloísa ao Senado é questão praticamente consolidada", antecipou o secretário-geral da sigla, Edilson Silva. "Na próxima reunião da Executiva, no dia 7, vamos deliberar a questão de uma eventual aliança com o PV", completou.

A costura de uma aliança entre PSOL e PV em torno do nome de Marina Silva se estende informalmente desde setembro. A pedido de lideranças da sigla favoráveis ao acerto, o senador José Nery (PA) e o deputado federal Ivan Valente (SP) vinham dialogando com a ex-ministra do Meio Ambiente sobre a proposta. Amiga de longa data de Marina, Heloísa tomou as rédeas da negociação no começo de outubro, quando o ex-governador de Alagoas Ronaldo Lessa (PDT) sinalizou que concorrerá ao Executivo estadual. A movimentação facilitaria a eleição de Heloísa a uma das duas vagas ao Senado no pleito de 2010.

Embora parte da Executiva do PSOL seja favorável a uma aliança com o PV, a hipótese de sacrificar uma candidatura própria à Presidência da República não é consenso entre as lideranças do partido. Na corrida pela indicação da legenda ao Palácio do Planalto, disputam o ex-deputado federal Milton Temer (RJ) e os militantes históricos Plínio de Arruda Sampaio e Martiniano Cavalcante.

Favorito entre os nomes da sigla, Milton vem comandando desde o mês passado um movimento favorável à candidatura própria e contra o apoio ao nome de Marina. "(Milton)Temer é um bom nome, mas não tem recall eleitoral", minimizou uma das lideranças do PSOL. "A candidatura de Marina responde mais aos interesses da legenda", emendou.

Xadrez Eleitoral

Sem o nome de Heloísa Helena na disputa à Presidência da República, o xadrez eleitoral para 2010 ganha novo formato. O cenário daria impulso aos presidenciáveis Marina Silva e Ciro Gomes (PSB) e prejudicaria a virtual candidata petista, Dilma Rousseff.

A última pesquisa de intenções de voto, da CNI/Ibope, indica que, excluindo o nome de Heloísa da simulação, Serra lidera com 35%, Ciro Gomes aparece com 17%, Dilma Rousseff soma 15% e Marina Silva, 8%. Com Aécio no lugar de Serra e sem Heloísa, Ciro lidera com 28%, seguido de Dilma com 18%, Aécio com 13% e Marina com 11%. Com ela no páreo, num cenário com Serra, Dilma, Ciro e Marina, a presidente do PSOL aparece com 8%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.