Helicópteros do Brasil estão na Colômbia para liberar reféns

BOGOTÁ - Três helicópteros do Brasil para apoiar a liberação de seis reféns das Farc chegaram no sábado à Colômbia, enquanto as Forças Militares interromperam as operações no sul do país para facilitar a entrega de sequestrados. Os helicópteros, procedentes de São Gabriel da Cachoeira, na Amazônia brasileira, chegaram ao aeroporto da cidade de Florencia, capital de Caquetá, com os delegados do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e a missão humanitária que receberá os reféns.

Reuters |

Inicialmente, a senadora Piedad Córdoba, que coordena a missão humanitária, informou que os helicópteros chegariam a San José del Guaviare, capital de Guaviare, mas dificuldades meteorológicas mudaram o itinerário.

A liberação dos reféns, a primeira desde fevereiro de 2008, começa neste domingo com a entrega de três policiais e um soldado e continuará na segunda-feira com a liberação do ex-governador do Estado de Meta Alan Jara.

A operação deve ser concluída na quarta-feira, com a liberação do ex-deputado Sigifredo López.

Com a entrega, segundo analistas, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) buscam ganhar espaço político e imagem internacional depois de as Forças Militares terem matado vários comandantes do grupo, do resgate de Ingrid Betancourt e da deserção de vários combatentes.

(Por Luis Jaime Acosta)

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG