Foi identificado como sendo do empresário mineiro do ramo algodoeiro Luiz Eduardo Sampaio Moura, de 40 anos, o helicóptero que caiu por volta das 19 horas de sexta-feira (22) em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia. Tanto o empresário quanto o piloto Tiago Henrique Silva Marinho morreram no acidente.

A aeronave havia partido de Montes Claros (Minas Gerais) por volta das 16 horas, com destino à cidade baiana, para onde o empresário costumava viajar com alguma frequência. O helicóptero explodiu ao tocar o chão. Moradores de povoados mais distantes como Jardim Valéria, que fica a cerca de 4 quilômetros do local do acidente, dizem ter ouvido o estrondo provocado pela explosão.

Há a expectativa da chegada, ainda neste sábado, de uma equipe da aeronáutica de Recife (PE) - responsável pelo controle do aeroporto de Vitória da Conquista -, para realizar a perícia no local e identificar as causas da queda do aparelho. A área permanece isolada pela Polícia Militar. Um pedaço da cauda da aeronave de aproximadamente 2 metros de comprimento contém o prefixo, o que facilitou a identificação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.