Helicóptero de Serra enfrenta tempestade

O helicóptero que levava o governador José Serra (PSDB) para a entrega de casas em Avaré, no sudoeste paulista, enfrentou uma tempestade e foi obrigado a retornar para São Paulo, hoje à tarde. A aeronave se aproximava da serra de Botucatu, já próxima de Avaré, quando topou com nuvens carregadas e pegou forte turbulência.

Agência Estado |

Assessores de Serra chegaram a manifestar preocupação com o risco de acidente, mas o deputado Antonio Carlos Pannunzio (PSDB-SP) com quem o governador conversou pelo celular, disse que ele estava tranquilo.

"O governador disse que seria obrigado a retornar, pois havia uma tempestade à sua frente." De acordo com Pannunzio, o helicóptero fez um pouso em Sorocaba para esperar a melhora do tempo, depois seguiu para São Paulo.

O prefeito de Avaré, Rogélio Barcheti (PSDB), que anunciou o cancelamento da visita a cerca de mil pessoas presentes no evento, disse que o helicóptero do governador não conseguiu passar pela coluna de nuvens. "Ele teve de cancelar, mas virá na próxima semana."

Serra entregaria em Avaré o primeiro condomínio do programa Vila Dignidade, com 22 casas destinadas a moradores idosos de baixa renda. O projeto, com custo de R$ 2 milhões, foi tratado por assessores do governador como o novo "genérico", numa referência à criação do medicamento popular quando Serra era ministro da Saúde.

"É um projeto para o País", disse Pannunzio. O governador entregaria também um conjunto de 190 casas construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG