HC inaugura centro de urologia para idoso de baixa renda

O Hospital de Clínicas de São Paulo, na capital, passa a contar na próxima segunda-feira com um novo laboratório de urologia, que dará prioridade ao atendimento de idosos (a partir dos 75 anos) de baixa renda, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A inauguração do espaço aconteceu hoje, com a presença do governador José Serra (PSDB) e do secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Agência Estado |

O laboratório fica na área do Instituto Central do hospital destruída por um incêndio em dezembro de 2007.

A construção dos 15 consultórios e a compra dos equipamentos para diagnóstico e intervenções por imagem custaram R$ 2,7 milhões, pagos pelo banqueiro Aloysio Faria. O espaço recebeu o nome da esposa do doador, Clea Dalva Faria. O custeio, estimado em R$ 8 milhões por ano, ficará a cargo do governo do Estado.

O professor da Urologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Miguel Srougi, que chefiará o laboratório, espera atender até 250 pacientes por dia, em uma média de 50 a 60 mil por ano. Serão diagnosticados e tratados casos de câncer de próstata, tumores e disfunção sexual encaminhados ao HC por ambulatórios de especialidades públicos, dos municípios e do Estado.

A prioridade aos idosos foi um pedido de Aloysio Faria. "De criança, todos têm pena. De velhinho, poucos", explicou o doador. Srougi destacou que os funcionários da unidade estarão atentos ao atendimento. "Vamos somar qualidade técnica aos princípios do humanismo", disse o médico. O laboratório terá som ambiente e uma televisão LCD de 52 polegadas na sala de espera. Para Serra, "acolhimento é fundamental, especialmente na área de urologia, que incomoda muito as pessoas".

Serra chamou o espaço reformado de "novo hospitalzinho" do Estado. "Além disso, ampliamos a rede estadual em sete hospitais e criamos ambulatórios de especialidades (AMEs)", disse o governador, que prometeu entregar 40 AMEs até 2010. Dezesseis já estão em funcionamento. O governador lembrou sua experiência como ministro da Saúde do então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) de 1998 a 2002. "Srougi foi um grande colaborador de meus projetos como ministro da Saúde."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG