HC cria serviço especializado para aliviar sofrimento de paciente

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) aprovou a estruturação de um Serviço de Cuidados Paliativos, segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Esse tratamento inicia-se no diagnóstico e se estende durante as fases mais avançadas da doença e também no período após a morte, no luto, com a família.

Agência Estado |

Um grupo multidisciplinar dará tratamento especializado e individualizado.

De acordo com o coordenador da equipe de Cuidados Paliativos do HC, o cardiologista Ricardo Tavares de Carvalho, o objetivo é prevenir e aliviar o sofrimento de pacientes e familiares. “Oferecemos, junto com o tratamento tradicional e conhecido, uma série de medidas ativas para paliação dos sintomas e promoção de assistência psicossocial e espiritual”, explica. Carvalho diz que, dessa forma, pessoas com doenças avançadas e seus familiares podem viver melhor.

Apesar de ser uma especialidade médica desde 1987 no Reino Unido, somente há 3 anos os Cuidados Paliativos se tornaram uma especialidade nos Estados Unidos. “No Brasil, estamos caminhando para obter o reconhecimento como área de atuação médica e, posteriormente, como especialidade”, observa Carvalho. Para o coordenador, é preciso formar profissionais de saúde em todas as áreas para atuar nessa nova modalidade de assistência, multiprofissional por definição.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG