Haddad quer inaugurar 100 escolas técnicas no País

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse hoje, em Curitiba, que pretende inaugurar até o próximo ano mais de 100 novas escolas técnicas no Brasil, para comemorar o centenário da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. As 19 primeiras escolas de Aprendizes e Artífices foram criadas em 1909 e deram início às escolas técnicas, centros federais de educação tecnológica ou às universidades tecnológicas de hoje.

Agência Estado |

Em Curitiba, o ministro abriu a primeira reunião para discutir o centenário. Segundo ele, outras 50 escolas devem ser entregues em 2010.

Na expansão da rede, o governo federal deve investir cerca de R$ 600 milhões, destinando outros R$ 900 milhões para que Estados e municípios reformem, ampliem ou qualifiquem os profissionais das escolas já existentes. "Estamos criando um novo paradigma, que é o da instituição federal, que combina atribuições de uma universidade e atribuições das antigas escolas técnicas, oferecendo na mesma unidade cursos de nível médio e cursos de nível superior nas áreas técnica e tecnológica", disse o ministro. "Do nosso ponto de vista, é um modelo que atende melhor às demandas locais."

Segundo ele, o investimento responde também às necessidades do Brasil. "Um crescimento econômico na faixa dos 5% ao ano exige um esforço educacional enorme de todo o País e não só da União", afirmou. "Todo mundo precisa produzir mais e melhor para que tenhamos uma classe trabalhadora bem preparada para atender à demanda produtiva."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG