Haddad quer empresários mais envolvidos com educação

O ministro da Educação, Fernando Haddad, cobrou hoje dos empresários brasileiros maior envolvimento com as questões da educação. Além de pedir redução de impostos, diminuição das taxas de juros, os empresários brasileiros deveriam pedir educação melhor, disse Haddad, no lançamento do movimento Educar para Crescer, em São Paulo.

Agência Estado |

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, disse que os empresários também não estão satisfeitos com a educação do País e pediu maior participação das famílias.

"Não apenas os empresários, mas a sociedade como um todo está insatisfeita", afirmou Skaf. "É preciso maior participação e envolvimento dos pais, porque a formação é uma responsabilidade de toda a sociedade."

O empresário lembrou a participação da indústria via investimento nas escolas técnicas do Senai. "Também temos projetos de ampliar investimentos no ensino básico."

    Leia tudo sobre: educação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG