O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse hoje que 45 mil escolas públicas urbanas estão conectadas à internet de alta velocidade pelo Programa Banda Larga nas Escolas, que foi lançado em 2008 numa parceria entre o governo e as empresas de telefonia. Segundo ele, até o fim do ano, 63 mil escolas públicas estarão conectadas em banda larga, o que representa o incremento em relação à meta inicial do programa, que era conectar 55 mil escolas.

Haddad explicou que o senso escolar de 2009 reclassificou oito mil escolas que deixaram de ser instituições de ensino rural e passaram a ser consideradas escolas urbanas. Haddad participou hoje de reunião para fazer um balanço do programa e disse que todas as metas do ano passado foram cumpridas.

Ele disse que no encontro com os presidentes das empresas de telefonia e com a secretária-executiva da Casa Civil, Erenice Guerra, não foi discutido o Plano Nacional de Banda Larga. Ele não quis emitir opinião sobre a eventual reativação da Telebrás para ser a operadora do Plano de Banda Larga. Ele disse que é uma questão que não diz respeito ao ministério da Educação e envolve as áreas técnicas dos ministérios da Fazenda, Planejamento e Comunicações. Ao ser questionado se o governo mantinha a ideia de reativar a Telebrás, ele respondeu: "Não participo dessas discussões".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.