Hackers tentarão burlar eleição eletrônica

BRASÍLIA - Um grupo de especialistas em informática e em engenharia de redes de instituições e órgãos públicos participam desta terça-feira até a próxima sexta de um desafio proposto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Agência Estado |

Esses "hackers" vão tentar provar que é possível fraudar os resultados das eleições realizadas por urnas eletrônicas, com o desvio de parcela da votação de um candidato para outro. Também tentarão demonstrar que é possível identificar o voto do eleitor.

O objetivo do TSE é receber contribuições para aprimorar o processo informatizado de votação.

Participam do desafio especialistas de instituições e órgãos como Polícia Federal, Controladoria Geral da União (CGU), Information System Security Association - ISSA Capítulo Brasil, Cáritas Informática. Outros se inscreveram por conta própria.

Leia mais sobre: TSE

    Leia tudo sobre: tse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG