Há mais moradores de rua obesos do que desnutridos, diz pesquisa

PORTO ALEGRE - A Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cosans) da Prefeitura de Porto Alegre realizou um levantamento entre os moradores de rua da cidade e descobriu que há mais obesos do que desnutridos - 78% estão dentro dos padrões normais de nutrição, 15% são obesos e 4% estão desnutridos.

Redação |

Acordo Ortográfico

A pesquisa foi feita com os 140 frequentadores do Restaurante Popular da cidade e o coordenador da Cosans, Carlos Antônio da Silva, considera o resultado surpreendente. O problema da fome, ao que a pesquisa indica, vem sendo enfrentado com eficiência. Agora o próximo passo é controlar a qualidade nutricional dessa alimentação, principalmente a que fazem fora dos equipamentos públicos, pois o levantamento aponta um número expressivo de obesos, disse.

Rafael Longhi, coordenador da pesquisa, afirma que os problemas de obesidade podem ser creditados à alimentação realizada fora do restaurante da prefeitura, a maioria através de doações (pão, bolachas, massa, salgados).

Os moradores de rua também responderam um questionário sobre hábitos alimentares. Referente à quantidade de refeições ao dia, 32% afirmaram fazer três refeições, 21% duas, 21% uma, 18% quatro, 4% cinco e 2% seis.

A pesquisa no Restaurante Popular aconteceu de abril a agosto e foram usadas as medidas de peso e estatura dos usuários. Do total de moradores, 72% são homens e 22% mulheres.

Leia mais sobre: obesidade

    Leia tudo sobre: obesidadeporto alegre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG