Guy Ritchie tenta impedir Madonna de levar filhos aos EUA

LONDRES ¿ O cineasta Guy Ritchie, atualmente em processo de divórcio da cantora Madonna, contratou um famoso advogado britânico para tentar fazer com que os filhos de ambos fiquem no Reino Unido.

EFE |

Segundo o jornal Evening Standard, Ritchie buscou a assessoria de Stephen Cobb, especializado em casos internacionais de divórcio nos quais o país de residência dos filhos de um casal está em disputa.

Acredita-se que Madonna deseje voltar aos Estados Unidos após os oito anos de casamento com Ritchie, durante os quais o casal fez do Reino Unido seu domicílio principal. O relacionamento de ambos não acabou bem, segundo a imprensa britânica, e Ritchie e Madonna estão envolvidos em uma disputa legal cada vez mais amarga sobre o dinheiro que a cantora, de 50 anos, terá que pagar ao ex-marido, dez anos mais jovem.

O assunto dos filhos é especialmente complicado, destaca o tablóide: Ritchie e Madonna tiveram apenas um filho durante o casamento, Rocco, de oito anos, que nasceu nos Estados Unidos. O casal também adotou David, de três. Madonna tem uma filha do relacionamento com o personal trainer Carlos León, Lourdes Maria.

A cantora não pode levar os filhos para morar com ela permanentemente nos Estados Unidos a menos que Ritchie dê sua permissão ou um tribunal britânico autorize.

Segundo fontes, apesar da atual desavença, Ritchie e Madonna tentarão resolver as diferenças em processo de mediação antes que chegue aos tribunais, porque querem evitar a publicidade que cercou o divórcio de Paul McCartney e Heather Mills.

Calcula-se a fortuna de Madonna ronde os 375 milhões de euros, enquanto o diretor ganhou apenas um décimo desse valor com sua carreira cinematográfica.

Leia mais sobre: Madonna

    Leia tudo sobre: madonna

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG