Guia turístico traz opções para pessoas com deficiência

O objetivo de todo guia turístico e cultural não é escolher os locais que a pessoa deve ir e, sim, mostrar as opções, apontar os prós e contras de cada atração, e deixar que cada um escolha o que mais agradar. O Guia Brasil Para Todos funciona desta forma, com um detalhe a mais: ele foi feito para pessoas com deficiência, seja ela física, auditiva, visual ou mental.

Agência Estado |

São 320 páginas com destinos turísticos em 10 capitais brasileiras, com informações indispensáveis sobre a infraestrutura adaptada desses locais.

“O critério para os locais entrarem no guia não era ter só acessibilidade. Por exemplo, o Pelourinho, em Salvador, é um local dificílimo para quem está em uma cadeira de rodas, mas é um destino que todo turista deve visitar. Informamos que tipo de dificuldade a pessoa vai enfrentar e cabe a ela decidir se vai ou não”, explica a autora, Andrea Schwarz.

Há dez anos em uma cadeira de rodas, Andrea perdeu os movimentos da perna quando tinha 22 anos, por conta de uma má formação congênita na medula. Ela conheceu seu marido, Jaques Haber, coautor da publicação, ainda na escola, antes de a doença aparecer. “Devo muito da minha superação ao apoio dele e da minha família”, diz. O guia é uma espécie de continuação do trabalho que ela e o marido começaram a fazer um ano após perder os movimentos da perna. Na época, ela lançou o livro Guia SP Adaptada, que mapeou a capital paulista de acordo com a acessibilidade.

Para realizar o trabalho, Andrea recrutou nas dez capitais um repórter e um deficiente físico, que analisavam os pontos turísticos juntos. Andrea explica que os estabelecimentos em São Paulo possuem boas adaptações mas, em termos de infraestrutura pública, a melhor cidade é Curitiba. O livro não é vendido nas lojas, é preciso fazer o pedido no site do guia . Quem tem problemas visuais recebe com o livro um CD com os textos falados. O site também é adaptado para este público. O guia é gratuito e o interessado só paga o custo do frete. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG