Guerra do tráfico deixa três mortos em Vigário Geral, no Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Policiais do 16º BPM (Olaria) realizam uma operação nesta sexta-feira na favela de Vigário Geral, zona Norte do Rio. Os soldados estão no local por causa de uma guerra, entre facções rivais, pelo controle de pontos de venda de drogas na favela iniciada ontem à noite. Até o momento, segundo a polícia, três homens morreram, sendo dois suspeitos de terem ligação com o tráfico e um taxista, atingido por uma bala perdida. A ação conta com cerca de 100 agentes, dois veículos blindados e um helicóptero.

Redação com Agência Estado |

Houve uma intensa troca de tiros na chegada dos policiais à comunidade na manhã desta sexta-feira. Por causa do confronto, o ramal de trem de Saracuruna chegou a ficar fechado. O tráfego na rua Bulhões Marcial também ficou parcialmente interditado. Os policiais apreenderam, até o momento, dois fuzis. Não há informações sobre prisões ou apreensões de drogas.

Buscas

A Polícia Militar realizou na parte da manhã uma varredura num mangue localizado nos fundos da favela de Vigário Geral à procura de oito corpos de traficantes que, de acordo com testemunhas, teriam sido mortos no intenso tiroteio que durou toda a noite desta quinta-feira. No entanto, nada foi encontrado até o momento.

De acordo com o comandante do Batalhão Ferroviário da PM, tenente coronel Eraldo Almeida, a possibilidade de haver mais corpos não está descartada. "Isso acontece devido à dificuldade do terreno", afirmou o policial.

Várias famílias estão deixando a comunidade, principalmente as pessoas idosas. Eles alegam estar com medo e informam que vão passar os próximos dias na casa de parentes. Sete escolas que funcionam no interior da favela, entre elas três creches, estão fechadas.

Invasão

Cerca de 50 bandidos da favela Furquim Mendes, dominada pelo Comando Vermelho (CV), invadiram na noite desta quinta-feira a favela de Vigário Geral, controlada pela facção Terceiro Comando Puro (TCP). Devido à invasão, houve tiroteio entre os traficantes e pelo menos quatro pessoas ficaram feridas. Durante o confronto, parte da Linha Vermelha foi fechada.

No último dia 4, a Polícia Civil realizou uma operação na favela da Mangueirinha, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A polícia havia recebido a informação de que bandidos dessa comunidade pretendiam ocupar a favela de Vigário Geral. Dez suspeitos morreram na operação.

Essas tentativas de invasão têm acontecido desde o dia 1º deste mês, quando o traficante Jorge Willians Oliveira Bento, o Furica, foi morto pela polícia. Ele controlava o tráfico de drogas nas favelas de Vigário Geral e Parada de Lucas.

Leia mais sobre: violência no Rio

    Leia tudo sobre: mortesriotráfico de drogasviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG