Ninguém quer a condenação da ministra Dilma - Brasil - iG" /

Guerra: Ninguém quer a condenação da ministra Dilma

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), deu hoje o tom que os tucanos pretendem adotar na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões Corporativos: O que sustenta a CPI é a necessidade de esclarecimentos e tudo precisa ser feito com naturalidade e bom senso. Não vamos apoiar quem deseja esconder os fatos e ninguém quer a condenação da ministra Dilma Rousseff, disse.

Agência Estado |

A atuação mais objetiva e sem estardalhaço do PSDB foi decidida pela cúpula partidária durante reunião de avaliação, hoje, no Congresso, com participação dos integrantes da Executiva Nacional. Embora o foco do partido seja o esclarecimento, Guerra disse que os tucanos estarão em alerta para adotar medidas alternativas.

Uma dessas alternativas pode ser uma CPI exclusivamente no Senado - onde a maioria governista é apertada - para impedir que as denúncias de irregularidades no uso do cartão corporativo deixem de ser apuradas. A CPI em andamento é mista, integrada por deputados e senadores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG