Guarulhos registra atraso em um terço dos voos internacionais

Restante dos aeroportos internacionais apresentaram movimentação tranquila na manhã deste sábado

Agência Brasil |

Os painéis do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, mostram que a manhã deste sábado não foi das mais tranquilas para quem tinha viagem marcada. De cada três voos programados, um atrasou. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), até as 11 horas, 36% dos voos domésticos programados para o maior aeroporto do Brasil atrasaram mais de meia hora. Dos 36 voos internacionais previstos para esta manhã, nove atrasaram (26,5%) e um foi cancelado.
Em Congonhas, a situação é bem mais calma. Até as 11h, apenas oito (11%) dos 73 voos marcados registraram atrasos. Este também foi o número de voos cancelados no período.

No Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, 11 (22%) dos 50 voos domésticos e dois (11%) dos 14 voos internacionais previstos para a manhã deste sábado atrasaram. No Santos Dumont, que concentra os embarques e desembarques da ponte aérea Rio-São Paulo, a situação é bem tranquila. Até as 11h, foram registrados atrasos em apenas três (6%) dos 51 voos programados para o terminal carioca.

Em Brasília, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck também viveu uma manhã tranquila. Dos 59 voos domésticos programados, dez (17%) atrasaram. E das três saídas internacionais previstas, uma atrasou.

Na semana que vem, a situação pode se complicar. Aeronautas e aeroviários anunciaram que entrarão em greve no dia 23, antevéspera de Natal. Até agora, não houve acordo com as empresas aéreas. Se a greve se confirmar, o Ministério da Defesa já informou que tem um plano de contingência pronto, que seria posto em prática nos aeroportos das principais capitais, para evitar mais um episódio de caos aéreo.

    Leia tudo sobre: infraeroaeroporto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG