Guarujá registra 21 casos de dengue só em janeiro

A dengue preocupa o Guarujá, na Baixada Santista: apenas neste mês foram confirmados 21 casos da doença e outros 172 são suspeitos. A escalada da dengue começou em dezembro, quando foram contabilizados 53 dos 81 casos registrados em 2009, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Agência Estado |

Em 2008 houve apenas 22 casos.

Moradores de bairros carentes, como Vila Rã, Areião e Sossego, afirmam que várias pessoas contraíram a doença desde o fim do ano. Duas teriam morrido. A prefeitura aguarda o resultado dos exames sobre a causa das mortes. As localidades mais atingidas têm esgoto a céu aberto, valas e buracos que acumulam água e entulho espalhado pelas ruelas sem asfalto.

A Secretaria Estadual de Saúde diz que os exames que verificam se o paciente teve ou não a doença são feitos pelo Instituto Adolfo Lutz e demoram 30 dias para ficar prontos. Mas, ao serem atendidos nas unidades de saúde pública do Guarujá, moradores dizem que não recebem essa informação.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, quando procuram atendimento com sintomas como dores de cabeça e no corpo, manchas avermelhadas e febre, os pacientes são submetidos a um hemograma, que indica, com base no número de plaquetas no sangue, se pode ser dengue. Quando a suspeita é confirmada, o paciente inicia o tratamento, que consiste em hidratação, descanso e remédio para dor. A pessoa recebe o resultado definitivo por telefone, dias depois. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG