Guarda civil é morto durante blitz no Centro

Um guarda civil metropolitano morreu após ser atingido por tiros disparados por um desconhecido, por volta das 22 horas desta sexta-feira, durante uma operação de rotina numa feira de ambulantes instalada ao lado da estação Armênia do Metrô, junto à Avenida do Estado. José Wilskon Santos de Melo e João Ricardo Vieira Ribeiro, da Inspetoria Regional do Bom Retiro, realizavam a blitz quando tiros partiram de alguém misturado ao ambulantes.

Agência Estado |

Ferido na cabeça, Melo foi encaminhado ao pronto-socorro Santana e transferido para o Hospital do Mandaqui, onde morreu. O colega dele, baleado no ombro, segue internado no Hospital do Servidor Público Municipal.

No tumulto, um suspeito foi detido pelos guardas municipais e levado ao plantão do 2º Distrito Policial, do Bom Retiro, onde será ouvido pela polícia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG