Uma quadrilha munida com explosivos e armas usadas pelo Exército assaltou no começo da noite de ontem um carro-forte em uma rodovia do município de Amparo, no interior de São Paulo. O crime ocorreu quando cerca de quatro indivíduos dentro de um veículo atacaram o carro-forte, na Rodovia SP-95, conhecida como Rodovia João Beira, no distrito de Arcadas.

Segundo depoimento dos quatro vigias, eles se dirigiam para a cidade de Pedreira no momento em que os suspeitos pararam com o veículo em frente ao carro-forte. Os criminosos levantaram a tampa do porta-malas e, com uma metralhadora, acertaram vários disparos no carro-forte. Um dos vigias teve ferimentos leves em um dos braços.

Os suspeitos ameaçaram os seguranças com explosivos e mandaram que abrissem as portas. O grupo usou artefatos explosivos para abrir o cofre interno, levando aproximadamente R$ 1,3 milhão, de acordo com a empresa Prosegur.

Segundo o tenente da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Vladimir Ribeiro, no local foram encontradas várias cápsulas de 762, arma usada pelo Exército, fuzil Fal e de calibre .50, usado em metralhadoras antiaérea ou antitanque, a fim de perfurar veículos blindados. Até o fim desta manhã, ninguém havia sido preso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.