Grupo que viajou em ônibus carregado de armas visita o Cristo Redentor

RIO DE JANEIRO ¿ O grupo de 27 idosos de Foz do Iguaçu que veio ao Rio para visitar o Cristo Redentor e teve o ônibus de turismo interceptado pela Polícia Federal conheceu hoje o ponto turístico da cidade. A visita foi promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

Redação |

O veículo que transportava os turistas foi interceptado nesta terça-feira, em Volta Redonda, por policiais federais. Os agentes encontraram dentro do tanque de combustíveis do veículo uma grande quantidade de armas e munições. O carregamento, avaliado em R$ 500 mil, iria abastecer a Favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, e outras comunidades dominadas pelo Comando Vermelho.

Entre o material apreendido estavam 40 pistolas, nove fuzis, uma metralhadora antiaérea com brasão do Bolívia, haxixe, cocaína e munições de diversos calibres. Foram presos em flagrante Sérgio de Vargas, dono da empresa Munari Tour, e os motoristas e irmãos, Jailson Cruz da Silva e Denilson Cruz da Silva.

Romaria

Segundo os idosos, a viagem era uma excursão de romaria. Eles vieram ao Rio para conhecer o Cristo Redentor e depois seguiriam para Aparecida do Norte, em São Paulo. Ainda de acordo com os turistas, o pacote foi oferecido a eles pelo valor de R$ 80 por pessoa, com direito a estadia e alimentação. Por causa da operação da Polícia Federal, os idosos passaram a noite em um hotel acolhedor da Prefeitura do Rio.

Leia mais sobre: Polícia Federal

    Leia tudo sobre: apreensãoarmasdrogasidosospolícia federalrioônibus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG