Grupo mantém 7 pessoas reféns por 2h em prédio no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - Pelo menos sete pessoas, entre elas um bebê de oito meses, permaneceram por duas horas sob o poder de assaltantes no Méier, na zona norte da capital, no fim da noite desta sexta-feira. Eles foram mantidos trancados num banheiro, de um prédio, e chegaram a ser amarrados, mas ninguém ficou ferido.

Agência Estado |

Parte da quadrilha foi presa logo depois do assalto - dois dos assaltantes decidiram fugir a pé e acabaram capturados.

Duas mulheres chegavam ao prédio no Méier quando foram rendidas por oito homens armados. Os moradores que passavam pela portaria, em seguida, foram dominados e mantidos amarrados num banheiro do térreo.

Um deles era um policial civil, que chegou a sofrer ameaças de morte. Os assaltantes entraram em dois apartamentos do edifício de quatro andares e levaram dinheiro, eletrodomésticos e um automóvel.

O carro foi utilizado por parte da quadrilha para a fuga. Dois dos assaltantes deixaram o edifício a pé e foram localizados por policiais do Batalhão de Choque. Com eles a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e uma pistola 7.65.

Os suspeitos, Marcus Vinícius Nascimento Cardoso, de 20 anos, e Carlos Henrique Soares Pereira, de 18, estão detidos na 24ª DP (Piedade), onde o caso foi registrado.

Leia mais sobre: assaltos

    Leia tudo sobre: assaltorefénsviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG