Grupo do PT coloca Dilma como candidata ideal em 2010

O grupo Mensagem ao Partido - corrente do PT criada em 2007 com o objetivo de recuperar a confiança da legenda após o escândalo do mensalão - emitiu manifesto com diretrizes para o desenvolvimento do Brasil depois da gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O texto, que se estende por quatro páginas, foi finalizado no encerramento da convenção nacional realizada pelo grupo.

Agência Estado |

Entre sugestões de conduta do partido e também para a economia brasileira, o Mensagem ao Partido faz citação, em um parágrafo, ao nome da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, como candidata ideal do PT às eleições presidenciais de 2010. "De nossa parte, consideramos a companheira Dilma Rousseff, pelo seu papel no governo, no qual demonstra sua capacidade de governar, e com a garantia de sua trajetória de vida e de luta, uma solução adequada para a nova vitória em 2010 e para a continuidade e aprofundamento das medidas essenciais que marcam a presidência de Lula", segundo o manifesto.

No sábado, Dilma compareceu à convenção do grupo e teve sua candidatura apoiada pelos ministros Tarso Genro (Justiça), Carlos Minc (Meio Ambiente) e Guilherme Cassel (Desenvolvimento Agrário). O Mensagem ao Partido também escolheu o nome do deputado José Eduardo Cardozo como candidato do grupo à presidência do PT.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG