Grupo disfarçado de policiais liberta presas em São Paulo

SÃO PAULO - Cerca de dez homens vestindo coletes da Polícia Civil e portando metralhadoras invadiram nesta segunda-feira a Delegacia de Itapevi, na Grande São Paulo, atrás de uma mulher que foi presa neste domingo, portando pedras de crack.

Redação com Agência Estado |

Os suspeitos invadiram o local na hora da chegada do café da manhã dos detentos, renderam uma faxineira e o carcereiro, além de alguns policiais, e roubaram suas armas.

Ao todo, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP), 17 presos fugiram.

Durante o resgate articulado pela quadrilha para resgatar a detenta presa neste domingo, outros presos aproveitaram a confusão e também fugiram.

Até o início da tarde desta segunda, sete prisioneiras haviam sido recapturadas, segundo informou a SSP. Às 15h, cinco homens e cinco mulheres ainda estavam soltos. Entre eles, a mulher que foi presa neste domingo, portando pedras de crack.

Leia mais sobre: polícia

    Leia tudo sobre: crackpolíciapresos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG