Gripe suína não é do tamanho que parecia ser, diz Lula

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu que a gripe suína é grave, mas afirmou que a doença não é do tamanho que parecia ser. Segundo ele, a entrada de pessoas no país está sendo bem monitorada e os cuidados do Ministério da Saúde serão redobrados nos próximos dias.

Valor Online |

"A gente vai intensificar a vigilância e, ao mesmo tempo, intensificar o tratamento das pessoas que estão doentes. Estamos cuidando para evitar que se alastre em outras pessoas", disse hoje em seu programa semanal Café com o Presidente. Lula afirmou que não deve haver pânico entre a população. "O que as pessoas devem ter é cuidado."
Ontem, dois novos casos de gripe suína foram confirmados no Brasil - um no Rio de Janeiro e um no Rio Grande do Sul., o que eleva para oito o número de pessoas contaminadas - seis em viagens internacionais e duas dentro do território brasileiro.

(Agência Brasil)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG