rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) é ¿grave¿, mas afirmou que a doença não é ¿do tamanho que parecia ser¿. Segundo ele, a entrada de pessoas no país está sendo ¿bem monitorada¿ e os cuidados do Ministério da Saúde serão redobrados nos próximos dias." / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) é ¿grave¿, mas afirmou que a doença não é ¿do tamanho que parecia ser¿. Segundo ele, a entrada de pessoas no país está sendo ¿bem monitorada¿ e os cuidados do Ministério da Saúde serão redobrados nos próximos dias." /

Gripe suína não é do tamanho que parecia ser, diz Lula

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu que a gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS) é ¿grave¿, mas afirmou que a doença não é ¿do tamanho que parecia ser¿. Segundo ele, a entrada de pessoas no país está sendo ¿bem monitorada¿ e os cuidados do Ministério da Saúde serão redobrados nos próximos dias.

Redação com agências |

A gente vai intensificar a vigilância e, ao mesmo tempo, intensificar o tratamento das pessoas que estão doentes. Estamos cuidando para evitar que se alastre em outras pessoas , disse nesta segunda-feira em seu programa semanal "Café com o Presidente". Lula afirmou que não deve haver pânico entre a população. O que as pessoas devem ter é cuidado.

No domingo, dois novos casos de gripe suína foram confirmados no Brasil ¿ um no Rio de Janeiro e um  no Rio Grande do Sul., o que eleva para  oito o número de pessoas contaminadas ¿ seis em viagens internacionais e duas dentro do território brasileiro.

Pacientes internados

O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) do Rio de Janeiro divulgou, nesta segunda-feira, um boletim sobre o estado de saúde dos três pacientes com "gripe suína" internados no local.

O primeiro deles está no seu oitavo dia de doença e está com "excelente estado geral". Segundo o hospital, ele permanece internado para completar o período de isolamento.

O segundo está no sétimo dia da doença e sem febre há 48 horas. Ele teve uma melhora discreta no quadro respiratório e segue internado.

O último está isolado e internado desde o dia 9 de maio. Está estável e sem febre há 36 horas. Teve uma melhora no seu quadro pulmonar, segundo o hospital.

Farmacêuticas

O Ministério da Saúde brasileiro quer discutir com as empresas farmacêuticas Roche e GSK o licenciamento voluntário dos medicamentos oseltamivir e zanamivir, antivirais protegidos por patentes no País e que, segundo a Organização Mundial da Saúde, tratariam a gripe suína. A Roche, em razão da ameaça de pandemia de gripe aviária, já vendeu ao Brasil 9 toneladas da matéria-prima de sua droga, o oseltamivir. A discussão agora será sobre como fabricar o produto acabado.

Nós vamos ter uma conversa com a Roche sobre um conjunto de assuntos, preços, doses, produto acabado, cooperação em termos de licenciamento voluntário. Vamos ter uma conversa ampla. E vamos ter a mesma conversa com a GSK, disse ao jornal "O Estado de São Paulo" o secretário de Ciência e Tecnologia do ministério, Reinaldo Guimarães.

Grupo que viajou com infectado chega ao Rio:

Leia também:


"Gripe suína" no Brasil


Entenda a "gripe suína"


Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG