Gripe suína: MG confirma 3 primeiras mortes no Estado

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou na manhã de hoje três casos de morte causadas pelo vírus da Influenza A (H1N1), os primeiros no Estado. Segundo a pasta, as vítimas foram duas mulheres, uma de 25 anos na cidade de Betim, que morreu no dia 27 de julho, e outra, de 44 anos, em Pouso Alegre, registrado no último dia 30.

Agência Estado |

O terceiro caso aconteceu em Ipatinga - um homem, de 54 anos, morreu na quarta-feira passada. A gripe suína foi confirmada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A secretaria mineira ainda investiga dez mortes suspeitas, entre elas estariam duas gestantes e uma menina de 1 ano e 4 meses. Outros três óbitos em decorrência do vírus Influenza A (H1N1), tiveram diagnóstico para gripe comum. O Estado de Minas Gerais tem até o momento 548 casos suspeitos e 171 casos confirmados de gripe suína.

Até ontem, o País havia registrado 181 mortes em decorrência da enfermidade no País. Porém, até o fim da manhã de hoje, além da confirmação das mortes em Minas, foram registrados mais cinco óbitos no Rio Grande do Sul, um no Distrito Federal e um em Valinhos, no interior paulista.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG