O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, deve antecipar seu retorno ao Brasil por causa da gripe suína, que já matou 149 pessoas no México. O ministro, que desde sábado encontra-se na Turquia para participar de um congresso de saúde coletiva, deveria retornar ao País no domingo.

Mas, diante do alerta da Organização Mundial de Saúde (OMS) e para acompanhar melhor as medidas no País, ele remarcou seu retorno para amanhã. O ministro falou por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ontem e hoje.

A OMS elevou de 3 para 4 o nível de alerta de risco de pandemia (epidemia generalizada) de gripe suína em uma escala que vai de um 1 a 6, informou a agência japonesa de notícias Kyodo News, citada pela Dow Jones. Segundo a agência, o nível 4 de alerta significa que a OMS confirmou a eclosão de um novo surto de influenza com evidências de aumento das transmissões entre humanos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.