Gripe suína: diretor de hospital no Rio nega negligência

O diretor do Hospital Santa Maria Madalena, Manoel Martins, negou que os médicos tenham sido negligentes ao liberar o jovem internado com gripe suína, que acabou por se tornar o primeiro caso da doença confirmado no Rio de Janeiro. O hospital fica na Ilha do Governador, zona norte do Rio.

Agência Estado |

Segundo relato da mãe, o rapaz chegou à unidade na última segunda-feira com febre branda e temperatura de 37,5º. Foi medicado, fez um exame de sangue e liberado. Com medo de ter contraído o vírus Influenza A no México, de onde havia chegado no sábado passado, ele próprio buscou informações na internet e procurou, na terça-feira, já com tosse, o Hospital Clementino Fraga Filho, da UFRJ, uma das unidades escolhidas como referência para internação nesses casos.

O diretor do Hospital Santa Maria Madalena disse que o episódio não foi comunicado à Vigilância Sanitária porque, "naquele momento, não havia necessidade". Dez funcionários da unidade que tiveram contato com o rapaz estão sendo monitorados, mas não apresentaram qualquer sintoma da doença e continuam trabalhando normalmente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG