Gripe suína: Brasil supera México no número de óbitos

O Brasil, com 192 mortes por gripe suína, ultrapassou o México, onde a pandemia começou, em abril, segundo números oficiais divulgados nesta terça-feira.

AFP |

O número de mortos pela gripe suína no Brasil duplicou em uma semana, chegando a a 192, segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o que deixa o país na terceira posição em óbitos pelo vírus A (H1N1).

O ministério mexicano da Saúde identificou hoje treze novos óbitos por gripe suína, aumentando o número de vítimas fatais no país para 162.

Os Estados Unidos, com 353 mortes, é o país mais afetado pela gripe suína, seguido pela Argentina, com 337 óbitos.

No Brasil, 40% das mortes ocorreram no estado de São Paulo, seguido por Rio Grande do Sul (23%) e Paraná (22%). O Rio de Janeiro responde por 12,5% dos óbitos por gripe suína.

Em todo o mundo, a Nova Gripe já matou 1.462 pessoas, infectando 177.457, em mais de 170 países, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS), que destaca que a epidemia está diminuindo em vários países do hemisfério sul.

gbv/fb/LR

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG