Gripe: STF libera funcionárias grávidas por 10 dias

O Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou que, a partir de hoje, as servidoras grávidas estão dispensadas de comparecer ao trabalho nos próximos dez dias por causa do vírus Influenza A (H1N1), a gripe suína. Como o prazo se encerra numa sexta-feira, dia 28, as gestantes devem retornar às atividades apenas na segunda-feira seguinte.

Agência Estado |

A assessoria do STF não informou mais detalhes sobre a decisão.

Desde a semana passada, os serviços de saúde para pessoas com sintomas gripais vêm registrando um número menor de atendimentos do que na segunda quinzena de julho. Em nota divulgada ontem, o Ministério da Saúde aponta a “diminuição no número absoluto de casos graves pelo novo vírus” na semana entre 9 e 15 de agosto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG