Gripe será combatida como doença grave, diz Serra

Após a confirmação de dois casos de gripe suína em São Paulo, o governador José Serra (PSDB) afirmou hoje à noite, no Palácio dos Bandeirantes, que a gripe vai ser combatida como doença grave, mas não há motivos para pânico. Segundo o governador, a confirmação dos casos só foi possível porque os primeiros kits de diagnóstico enviados ao Estado chegaram ao Instituto Adolf Lutz na noite de quarta-feira.

Agência Estado |

Foram infectados um homem de 24 anos que esteve na Cidade do México entre os dias 17 e 22 de abril e outro de 48 anos que esteve em Miami e Orlando (EUA) entre os dias 19 e 28 de abril. Eles já receberam alta e estão em suas casas.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, não há perigo de os dois pacientes terem contaminado mais ninguém. "Todas as pessoas que tiveram contato com eles foram procuradas e examinadas. Nenhuma delas apresentou os sintomas da gripe suína", afirmou.

O paciente de 24 anos apresentou os sintomas dois dias após sua chegada e ficou dez dias internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, até ser liberado no domingo. Já o homem de 48 anos não chegou a ser internado. Ele foi atendido, medicado e liberado e cumpriu período de isolamento em sua casa.

De acordo com Barradas Barata, o isolamento do paciente em casa também não representou perigo. "O paciente mora sozinho, é um homem de posses e foi possível fazer seu isolamento em casa", garantiu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG