A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul confirmou hoje a segunda morte no Estado de doente infectado pelo vírus da gripe A (H1N1), chamada também de gripe suína. A assessoria não deu detalhes sobre o caso, argumentando que as informações serão fornecidas pelo secretário da Saúde, Osmar Terra, em entrevista coletiva esta tarde.

Esta é a terceira morte por gripe suína no País.

No fim do mês passado, a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul também informou que um caminhoneiro de Erechim, município do interior do Estado, morreu em razão da doença. A segunda vítima fatal da gripe suína no País foi uma menina de 11 anos, que faleceu no dia 30, seis horas após dar entrada na emergência de um hospital. A criança era moradora de Osasco, na Grande São Paulo. Segundo o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na sexta-feira, o País tem 1.027 casos registrados da doença.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.