Depois do Sesi é a vez do município de Osasco anunciar o adiamento do início das aulas do segundo semestre para conter o avanço da gripe suína. De acordo com nota da Prefeitura Municipal, cerca de 65 mil alunos das 102 Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) e Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs), que retornariam de férias na próxima segunda-feira, dia 27 de julho, devem agora voltar às aulas no dia 3 de agosto.

A reposição das aulas que deixarem de ser ministradas nesse período será feita posteriormente.

A Prefeitura está convocando representantes das escolas particulares para uma reunião na próxima segunda-feira para avaliar a situação. A rede privada programou o retorno das aulas entre os dias 29 e 31 de julho. Mais cedo, o Serviço Social da Indústria do Estado de São Paulo (Sesi-SP) informou ter prorrogado as férias em uma semana em suas 215 unidades como medida preventiva para conter a disseminação do vírus A(H1N1), da gripe suína. As aulas para 150 mil alunos de toda a rede Sesi-SP de ensino no Estado seriam retomadas na próxima terça-feira, mas foram adiadas para o dia 4 de agosto.

Ainda em Osasco, a Secretaria Municipal de Saúde está realizando um trabalho de prevenção nas creches, que continuam funcionando no período de férias, com orientações sobre a doença, incluindo sintomas e formas de prevenção. Hoje foi iniciado o atendimento em tendas do Exército, exclusivo para pacientes com sintomas da gripe, no Hospital Municipal Central Antônio Giglio e nos Prontos Socorros do Jardim Helena Maria e Jardim Santo Antônio. Nessas unidades são feitas a triagem e o atendimento inicial dos casos, evitando o contato com pessoas que procuram as unidades por outros motivos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.