O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse considerar extraordinária a atuação do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, no combate à Influenza A (H1N1), a chamada gripe suína, e afirmou que o governo está fazendo o possível para combater a doença. No próximo inverno teremos vacina para conter o vírus e a probabilidade é que vire uma gripe como a que já temos hoje, com vacina e remédios apropriados, disse o presidente, em entrevista dada hoje à Rádio Globo AM, de São Paulo.

Ontem, foram confirmadas mais sete mortes causadas pela gripe suína, elevando para 29 o total de mortos em decorrência da enfermidade no País. São Paulo passou a ser o Estado com o maior número de vítimas - 12, sendo que três óbitos foram anunciados ontem. O Rio Grande do Sul vem em segundo lugar, com 11 mortes. O Rio de Janeiro, que ontem confirmou quatro casos fatais, já registrou ao todo cinco vítimas da gripe suína e o Paraná tem uma morte confirmada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.