Em nota divulgada hoje, o Ministério da Saúde informou que os 20 casos de pessoas que estão em observação no País por conta da gripe suína não são considerados, tecnicamente, suspeitos. Segundo o Ministério, os critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a definição de um caso suspeito são: Febre repentina acima de 38 graus acompanhada de um ou mais dos seguintes sintomas: tosse, dificuldade respiratória, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações; e ter como procedência as áreas afetadas, nos últimos 10 dias.

De acordo com a nota, todos os 20 casos em monitoramento foram informados pelas secretarias Estaduais de Saúde e são de pessoas que estiveram em áreas afetadas pela gripe suína e apresentaram alguns sintomas da doença. Já foram descartados, segundo a nota, dois casos que tinham sido registrados em São Paulo. O primeiro paciente tinha sinusite. Já o outro caso não apresentava febre, um dos principais sintomas da gripe suína. A Secretaria de Saúde de São Paulo ainda aguarda o resultado dos exames para o esclarecimento do diagnóstico.

A nota do Ministério da Saúde informa que desde a última sexta-feira a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tem recolhido a declaração de bagagem acompanhada de todos os passageiros de voos internacionais. Também informa que estão sendo veiculados avisos sonoros nos 67 aeroportos alertando os passageiros sobre os sintomas da doença e os procedimentos a serem adotados. Se houver algum passageiro com os sintomas da doença, ele será encaminhado aos funcionários da Anvisa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.