A Supervia, concessionária responsável por ramais de trens no Rio, divulgou nota hoje informando que, no horário do pico matutino, das 6h às 9h, não foi cumprido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona da Central do Brasil o porcentual mínimo de 60% do efetivo de maquinistas determinado pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio na tarde de ontem. De acordo com a nota, o não cumprimento da liminar pune o Sindicato com uma multa diária de R$ 50 mil.

A empresa continua com uma operação especial em todos os ramais, com um aumento do tempo de intervalo entre as composições, nos cinco ramais administrados pela concessionária.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.